Pular para o conteúdo

Recordes de velocidade no futebol: quem é o jogador mais rápido do mundo?

    Recordes de velocidade no futebol

    Antes de falarmos sobre recordes de velocidade no futebol, precisamos voltar na história e entender mais sobre o esporte, sobre a maneira como ele evoluiu ao longo dos anos. Um aspecto importante que iremos abordar são as limitações humanas de velocidade, assim como um parâmetro para comparar esportes diferentes. Criado na Inglaterra do século 19, o futebol foi difundido até se tornar o esporte mais popular do planeta. Foi preciso mais de cem anos e o apoio da tecnologia para conhecermos os recordes de velocidade no futebol.

    No Brasil, é a grande paixão nacional, movendo multidões e despertando a atenção da população. Até um certo momento da história, o esporte foi praticado de forma amadora, a magnitude financeira e estrutural que vemos hoje não tem muito tempo desde que passou a existir. Com a tecnologia e diversas ferramentas para a preparação de um atleta, a intensidade é característica forte no esporte atual, com jogadores ultrapassando os limites humanos e alcançando os recordes de velocidade no futebol.

    Qual é o máximo de velocidade que alcança o ser humano?

    Analisando a fisiologia humana, a velocidade máxima que um homem atinge correndo é de 13 km/h. Já a mulher atinge a velocidade máxima de 10 km/h. Curiosamente, os recordes de velocidade no futebol atualmente possuem números três vezes maiores do que uma pessoa normal atinge.

    Parâmetro esportivo: médias de velocidade do atletismo

    É importante usar outro esporte de corrida e intensidade para entender o quão rápido é o futebol atual. No atletismo, um dos maiores exemplos e recordista é o jamicano Usain Bolt, que nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012 atingiu uma velocidade máxima de 44 km/h. Ele fez isso em 9,63 segundos. Como a velocidade de um corredor varia durante a prova, a média de Bolt foi de 37,4 km/h.

    Recordes de velocidade no futebol: Kylian Mbappé detém a marca de mais veloz

    Um dos grandes destaques do futebol mundial nos últimos anos, o francês Kylian Mbappé é o líder entre os jogadores na lista dos recordes de velocidade no futebol. Ele atingiu a marca em uma partida entre PSG e Monaco pelo futebol europeu, foram 38 km/h. O jovem atacante campeão do mundo com a Seleção Francesa em 2018 percorre 10,8 metro a cada segundo.

    Velocidade do atacante foi decisiva na Copa do Mundo da Rússia em 2018

    Em 2018, a Copa do Mundo FIFA foi disputada na Rússia e teve a Seleção Francesa como grande campeã, foi o segundo título da França em Copa do Mundo, o primeiro veio 20 anos antes, em 1998. Nas oitavas de final do mundial da Rússia, a França encarou os argentinos. Foi uma grande partida, terminando 4 x 3 para os europeus. Na jogada que originou o primeiro gol da França, Kylian Mbappé arrancou da defesa e invadiu a área adversária até sofrer pênalti que foi convertido por Antoine Griezmann. A velocidade na arrancada de Mbappé foi de 32 km/h.

    Lista dos 10 jogadores mais rápidos do mundo

    A ordem da lista é de acordo com os atuais maiores velocistas do mundo da bola. Neste caso, Mbappé foi o último atleta a atingir 38 km/h. Confira os recordes de velocidade no futebol:

    • 1º – Kylian Mbappé (PSG) – 38 km/h
    • 1º – Bruno Henrique (Flamengo) – 38 km/h
    • 1º – Adama Traoré (Wolverhampton) – 38 km/h
    • 4º – Mason Greenwood (Manchester United) – 37.59 km/h
    • 5º – Aaron Wan Bissaka (Manchester United) – 37.59 km/h
    • 6º – Paulo Henrique (Juventude) – 37,42 km/h
    • 7º – Fred (Manchester United) – 37.28 km/h
    • 8º – Phil Foden (Manchester City) – 37.12 km/h
    • 9º – Gareth Bale (Real Madrid) – 36.9 km/h
    • 10º – Arthur Chaves (Avaí) – 36.8 km/h

    Três jogadores da lista atuam no Brasil

    Entre os 10 jogadores mais rápidos do mundo, estão quatro brasileiros, Fred do Manchester United e três outros que atuam em clubes do Brasil. São eles Bruno Henrique do Flamengo, Paulo Henrique do Juventude e Arthur Chaves do Avaí. Historicamente, o futebol brasileiro sempre revelou grandes velocistas. O próprio Bruno Henrique já figurou na primeira posição na lista dos recordes de velocidade no futebol. Jogadores que fizeram história e receberam o prestígio pelos feitos esportivos. Um grande exemplo é o de Garrincha, craque e destaque do bicampeonato do Mundo com a Seleção em 1962.

    Outros esportes de campo e seus recordes de velocidade

    Além do tradicional futebol, outros dois esportes de campo também ganham destaque pela velocidade que utilizam e o quanto ela determina nos resultados. O futebol americano e o rugby são os dois exemplos mais semelhantes para que possamos entender o potencial humano de atingir grandes velocidades. Nos dois casos, máximas de km/h são aproximadas aos recordes de velocidade no futebol. Confira detalhes sobre os dois esportes de invasão.

    Futebol Americano

    Contemporâneo do futebol surgido na Inglaterra, o futebol americano teve os seus primeiros passos dados em 1869, nos Estados Unidos. No início, algumas equipes amadoras seguiam as regras do rugby, esporte ainda mais antigo. Da mesma maneira que o futebol europeu, o “football”, como é chamado nos Estados Unidos, teve uma evolução gradativa ao longo da história, contando hoje com grandes velocistas. O recorde atual de velocidade no esporte pertence ao wide receiver D.K Metcalf, do Seattle Seahawks. Ele atingiu 36.43km/h na NFL em 2020.

    Rugby

    O rumor mais contado sobre a origem do rugby é que no Reino Unido do século 19, um jogador de futebol pegou a bola com as mãos e saiu correndo, isso teria instigado a criação do esporte. Não existe uma comprovação do fato, porém, o mesmo berço faz com que os dois esportes tenham semelhança em sua formação. Pouco popular no Brasil, o rugby é um esporte de invasão, assim como o futebol americano. Entre um extremo e outro do campo, são 100 metros. O jogador Carlin Isles, dos Estados Unidos, é recordista nesse mesmo trajeto com o tempo de 10,58 segundos, esta média é aproximada aos recordes de velocidade no futebol.

    Tecnologia que permite medir a velocidade do atleta

    O que viabiliza a medição nos atletas para saber os recordes de velocidade no futebol atualmente é um GPS, instalado em um colete que o jogador usa por baixo da camisa. O aparelho é conectado a satélites e permite a análise de aspectos de desempenho como a distância percorrida, quantos sprints em alta/moderada intensidade foram feitos. Ainda existe a possibilidade de saber se o jogador cumpriu a função tática pelo aparelho. O avanço da tecnologia no esporte faz com que cada vez mais os limites humanos sejam testados e o futebol seja praticado em alto nível.

    (Visited 40.949 times, 18 visits today)