Pular para o conteúdo

Kátia Moraes: você lembra dela?

    Kátia Moraes: você lembra dela?

    Kátia Moraes, atriz que fez sucesso no papel de Marilda, em Fina Estampa, novela da rede globo, obteve seu sucesso apenas após os 39 anos idade. Saiba como ela está atualmente

    Sabemos que ser ator/atriz é uma carreira com bastante desafios. A profissão é regularizada no país desde 1978. A competividade cada vez maior no ramo está fazendo as pessoas buscarem escolas técnicas e universidades cada vez mais avançadas.

    Existem diversos cursos que formam atores, que possuem registro profissional e credenciais para conseguir mais facilmente vagas de trabalho.

    Na época que Kátia Moraes tinha esse sonho, o cenário não era esse. Além da carreira como atriz, Kátia trabalhou também como professora de artes cênicas, no município do Rio de Janeiro.

    Ela cursou artes cênicas e se viu desempregada, logo nos primeiros anos. “Vi que o teatro não dava dinheiro” e aí, voltou-se para licenciatura. Tentou repetida vezes entrar para a televisão, sem sucesso.

    Kátia Moraes e a atuação em Fina Estampa

    Como dito, Kátia trabalhava como professora no município do Rio de Janeiro. Enfrentava uma jornada dupla todos os dias: cuidar do filho (sempre teve o sonho de ser mãe) e conciliar todo trabalho com a arte.

    Para chegar no papel de Marilda, foi um longo caminho.

    Em entrevista a revista Claudia, a atriz contou parte da sua jornada para conseguir sua vaga:

    “É uma história longa… (risos) Fiquei sabendo do curso de roteiro do Aguinaldo Silva, resolvi me inscrever, mas não passei na seleção. Nisso, fui conhecendo pessoas pelo blog que o Aguinaldo tinha e aproveitava para comentar sempre. Depois de um tempo, ele selecionou dez comentaristas para escrever no livro que ele fez sobre o blog. E fui escolhida. Aí, eu o conheci no lançamento”

    Outros trabalhos realizados por Kátia Moraes

    Depois de realizar seu trabalho em Fina Estampa, a atriz Kátia Moraes trabalhou por mais um ano na Rede Globo. Participou de outros programas da Emissora, como Zorra Total e também em um quadro com a humorista Cláudia Rodrigues.

    Após, passou a ganhar por trabalho e diária, ainda na Rede Globo.

    Logo em seguida, assinou um contrato de 5 anos com a Record TV, para participação do especial Nova Família Trapo e os 10 mandamentos, Os Milagres de Jesus, Belaventura e na primeira fase de Jesus.

    Relacionado: Filmes empolgantes que você precisa assistir

    Kátia Moraes: da fama para um fase complicada

    O contrato com a Record TV acabou e a atriz resolveu voltar para a Rede Globo. Contudo, a emissora não tinha interesse no seu trabalho na época.

    “Tentei entrar em contato com a Globo e não consegui, cheguei a mandar e-mail, mas não responderam. Tenho um filho para criar e não dá para ficar pedindo pelo amor de Deus para todo mundo” lembra a atriz em entrevista.

    Uma das soluções encontradas pela atriz foi empreender no ramo de alimentos, e passou a produzir quentinhas para poder sobreviver. Seu planejamento de vida foi bastante afetado, devido, principalmente, a pandemia da COVID-19, em 2020.

    Foram seis meses de atuação no ramo. O começo também não foi fácil. As pessoas não estavam saindo de casa na época, dificultando muito seu trabalho. “Porque não foi tão fácil assim vender, as pessoas começaram a ficar dentro de casa e a cozinhar mais. Ia para o camelô e nunca tive vergonha, acho que trabalho é digno”, afirmou a atriz (Revista QUEM).

    Kátia Moraes e o papel de Marilda

    Recentemente, a globo reprisou a novela Fina Estampa, em horário nobre. A atriz comemorou muita a volta do seu principal trabalho as telinhas e diz que ficou muito feliz em rever sua personagem.

    Em entrevistas que realizou a própria globo, Kátia Moraes afirmou que para seguir na carreira de ator, é preciso também o apoio de quem já atua. Na novela, ela contou com a ajuda de Christiane Torloni. Na época, a atriz fazia a vilã Tereza Christina.

    Além disso, Kátia diz ainda que Christiane fazia questão que ela aparecesse nas cenas, mesmos em horas que a situação estava fora do roteiro: “Acho que essa é uma daquelas histórias de bastidores que eu vou contar para sempre”, afirmou a atriz.

    Ela lembra e reforça que todo elenco da novela era bastante dedicado, e que todos, sem exceção, viviam mesmo o personagem. Afirmou ainda que quando se encontrava com os mesmos fora da atuação, achava até estranho.

    A atriz falou ainda em rever seu papel com espectadora: “É muito diferente ver como telespectadora, porque você não tem mais a expectativa do que vai acontecer com a vida dela. Quando você está gravando, é como se fosse uma vida própria. Agora já está feito. Eu sento e me divirto! Eu adoro me ver. Eu rio com a Marilda!”

    Kátia Moraes atualmente

    Como novos projetos, a atriz Kátia Moraes investe agora novamente no teatro, com uma peça, um novo projeto. No Instagram, acumula mais de 55 mil seguidores e sempre interage com todos os seus fãs. A atriz afirmou também que o tempo de isolamento na pandemia a fez buscar o autoconhecimento.

    Conheça mais sobre a profissão de Kátia Moraes, artes cênicas

    A arte cênica engloba todas as formas de arte que se desenvolvem em um palco de representação para um público. Muitas dessas apresentações ocorrem em praças e ruas. Destacam-se teatro, ópera, dança, circo e comédia.

    Ela é dividida em cinco gênero: o gênero dramático, Cômico, O musical, o Trágico e também a dança. Vamos conhecer melhor cada um deles.

    O gênero dramático descreve todos os conflitos humanos. O cômico, traz o lado irônico e contraditório das relações humanas. O  Musical, como o próprio nome já diz, é desenvolvido através da música, o que engloba também os gêneros dramático, trágico e cômico. O trágico, basicamente, imita vida, por meio de ações completas.

    E por fim, e não menos importante, a dança. Ela utiliza a música como forma de expressão, além da mímica e outras formas. Kátia Moraes teve grande destaque no ensino das artes cênicas.

    (Visited 451 times, 1 visits today)