Em seu novo livro, Ryan Holiday argumenta que alcançar a paz interior ajuda no processo de busca por autodomínio, disciplina e foco

Grandes líderes, pensadores, artistas, atletas e visionários têm uma característica em comum: a capacidade de alcançar a quietude. Cínicos às vezes a confundem com ociosidade e indecisão, mas a verdade é que a quietude é a chave para ter autodomínio, disciplina e foco. É impossível avançar na vida sem ela. A quietude ajuda as pessoas a controlar impulsos, evitar distrações e ter grandes ideias. Sobretudo, permite que encontrem a felicidade e façam a coisa certa.Com base em vários dos maiores pensadores da história, Ryan Holiday mostra em A quietude é a chave (Intrínseca, 288 pp, R$ 39,90 – Trad.: Maria Luiza X. De A. Borges) o que é a quietude e como ela pode ser alcançada. Além disso, apresenta figuras célebres que tiraram dela o maior proveito, como Winston Churchill, que, ao alternar sua agitada vida pública com períodos assentando tijolos e pintando, conseguiu salvar o mundo da aniquilação. O autor participará de uma palestra Craft Talks, no dia 7 de dezembro, às 16h, no Centro Rebouças (Av. Rebouças, 600 – São Paulo / SP).

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.