A Squarespace é dessas marcas que adora trabalhar com o bizarro para promover seus serviços, com a prova maior sendo certamente as campanhas do Super Bowl que a companhia lançou em 2017 e 2018. O novo esforço publicitário da plataforma de hospedagem de sites não poderia ser muito diferente, mostrando como ela é capaz de tornar alguém famoso mesmo quando esta não quer, como… Oscar, o fantoche reclamão da “Vila Sésamo” que adora viver miserável no lixo.

Criado pela O Positive e dirigido por Jim Jenkins, o comercial “A Cautionary Tale” mostra Oscar sendo “descoberto” por um vizinho quando este confunde suas pilhas de lixo com obras de arte. A partir daí a vida do fantoche é virada de cabeça pra baixo, com direito a todo tipo de clichê do sofrimento da fama aparecendo conforme o personagem busca tudo menos ser celebrado. A reviravolta final da peça, porém, mostra que a ascensão de Oscar apenas o levou indiretamente ao seu maior sonho – confira acima o vídeo na íntegra.

Além de promover a Squarespace, “A Cautionary Tale” também foi desenvolvida para aproveitar o aniversário de 50 anos da “Vila Sésamo”, que vem gerando todo tipo de campanha especial nos últimos meses com os personagens da série (incluindo a HBO e a Farmers Insurance). No que é descrito pelo CCO da marca David Lee como uma forma de “devolver” um pouco das alegrias dadas pelo programa, a companhia irá leiloar nos próximos dias 25 “pacotinhos” da “arte de Oscar” no site OscarTrashArt.com, com referências sutis a descartes tipicamente encontrados na Vila Sésamo como as penas amarelas de Garibaldo ou os pedaços de cookie do Cookie Monster. As peças são assinadas pelo artista Justin Gignac e aproveitam um projeto seu de anos atrás onde ele também imaginava o lixo como matéria-prima para a arte.

“Nós vínhamos conversando sobre transformar sonhos em algo real como nossa mensagem publicitária maior ao longo do ano, e nós pensamos que seria uma forma bacana de entrar no período de festas de fim de ano com algo dotado de um pouquinho de nostalgia.” ainda declara Lee sobre a campanha.

Junto do comercial e da venda de “artes de lixo”, a Squarespace também lançou os dois banners abaixo, que brincam com o desconforto de Oscar enquanto artista de respeito.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.