Com vitória em ‘Âncora de TV’, ex-titular do ‘Jornal Hoje’ entra para a galeria de notáveis do “Oscar do Jornalismo Brasileiro”

Sandra Annenberg já havia vencido a mesma divisão do Prêmio Comunique-se em 2015 e 2017. Ganha, assim, o título de “Mestra do Jornalismo”

Você sabe o que Sandra Annenberg tem em comum com as colegas Cora Rónai, Daniela Braun, Lorena Calábria, Míriam Leitão, Mônica Bergamo, Renata Vasconcellos e Zileide Silva? Além de profissionais da imprensa que se destacam em suas funções e editorias, elas são as mulheres que integram a galeria de “Mestres do Jornalismo” do Prêmio Comunique-se. E a mais recente “Mestra do Jornalismo” é justamente a ex-apresentadora do ‘Jornal Hoje’, da TV Globo.

Leia mais:

A comunicadora foi contemplada com mais uma vitória no evento reconhecido por ser o “Oscar do Jornalismo Brasileiro”. Na edição 2019 do Prêmio Comunique-se, Sandra Annenberg foi a predileta do público internauta — que é o jurado da disputa — na categoria ‘Âncora de TV’. Na última e decisiva etapa de votação, ela recebeu mais votos que Boris Casoy, do ‘Rede TV News’, e Renata Vasconcellos, do ‘Jornal Nacional’. Além de receber o troféu, ela foi anunciada como a mais nova “Mestra do Jornalismo”. Isso porque somou três vitórias consecutivas na mesma divisão. A global já tinha no currículo o reconhecimento por ter sido a melhor ‘Âncora de TV’ em 2015 e 2017 (quem vence fica um ano fora da briga). 

Em relação ao tema do Prêmio Comunique-se 2019, o evento ajudou a concluir um ciclo para a mais nova “Mestra do Jornalismo” como “viajante do tempo” na profissão. Neste ano, assim como nas duas ocasiões anteriores em que se saiu vitoriosa, Sandra Annenberg entrou para a lista de indicados devido ao seu trabalho à frente do ‘Jornal Hoje’. Em setembro, após 16 anos ininterruptos dando expediente para conduzir o telejornal vespertino, ela assumiu o desafio de formar dupla com Glória Maria no comando do ‘Globo Repórter’.

Dupla jornada

Há dois meses, Sandra Annenberg deixou o ‘Jornal Hoje’, mas não abandonou de vez a redação da TV Globo em São Paulo. Além do ‘Globo Repórter’, que é gerado no Rio de Janeiro, ela vem para a base paulista da emissora toda semana. Afinal, segue à frente do semanal ‘Como Será?’. Além de também estar atrelado às conquistas da mais nova “Mestra do Jornalismo”, o programa exibido nas manhãs de sábado viu o repórter Alexandre Henderson ganhar a categoria ‘Cultura – Mídia Falada’ do Prêmio Comunique-se 2017.

A mais nova “Mestra do Jornalismo” do Brasil tem história para contar quando o assunto é televisão. Antes de se tornar uma estrela do jornalismo global, atuou como atriz e apresentadora de atrações de variedades em canais como Cultura, Band, Record e SBT, destaca o site Memória Globo. Na TV Gloo desde 1991, foi garota do tempo do ‘Jornal Nacional’, apresentadora do ‘Fantástico’, do ‘SPTV – 1ª Edição’ e do ‘Jornal Hoje’ (primeira passagem). Após experiência como correspondente internacional durante três anos, sendo coordenadora do escritório da empresa em Londres, voltou para o Brasil. Sem ser “deselegante” com ninguém, destacou-se como editora e âncora do ‘Jornal Hoje’.

Casal de mestres

A vitória de Sandra Annenberg como ‘Âncora de TV’ no Prêmio Comunique-se a faz entrar para a história do evento ao lado do marido, Ernesto Paglia. Juntos, eles passam a formar o único casal que ostenta os títulos de “Mestres do Jornalismo”. Na história do “Oscar do Jornalismo Brasileiro”, Ernesto Paglia entrou para a galeria de notáveis após ter vencido por três vezes consecutivas como ‘Repórter – Mídia Falada’. A tríplice conquista se deu em 2007, 2009 e 2011. Ele ainda tem mais dois troféus na mesma divisão, pois ganhou em 2004 e 2017.

Sandra Annenberg e Ernesto Paglia: “Mestres do Jornalismo”

***** ***** ***** ***** *****

Por Anderson Scardoelli.

Fonte: Comunique-se

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.