Faz exatamente sete anos que o Corinthians deixou de exibir estrelas acima de seu escudo nas camisas oficiais do time, afim de privilegiar a longa história do clube ao invés dos títulos conquistados em sua trajetória. Nesta quarta-feira, porém, a equipe masculina principal entrará em campo usando novamente uma estrela no “manto” – uma que em nada se relaciona com vitórias em torneios, mas sim com a História.

Isso porque no jogo contra o Fortaleza na noite do próximo dia 6 de novembro, na Arena Corinthians, a camisa do clube incluirá uma estrela amarela que presta respeito à memória das vítimas da perseguição nazista à população judia. De acordo com o MKT Esportivo, o símbolo usado no uniforme no caso faz referência direta à Noite dos Cristais, evento acontecido em 9 de novembro de 1938 que marcou o início oficial da perseguição do regime nazista alemão aos judeus – partir deste dia, o exército de Adolf Hitler seria responsável pela morte de mais de seis milhões de pessoas até o seu fim em 1945, um genocídio que ficou conhecido na história do mundo como o Holocausto.

A ação foi divulgada oficialmente nas redes sociais do clube, incluindo o perfil no Twitter – confira abaixo.

Segundo o Globo Esporte, a ação é resultado de uma parceria com o Memorial do Holocausto e outras duas agências não divulgadas, e inclui ainda o leilão das camisas usadas no jogo. Enquanto toda a renda obtida na venda dos uniformes será revertida para o museu, uma parcela das camisas será exposta temporariamente na Arena Corinthians nos dias posteriores ao jogo contra o Fortaleza.

A partida acontece a partir das 19h30, horário de Brasília.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.