A história do patriarcado

PublishNews, Redação, 31/10/2019

Publicado pela Cultrix, livro apresenta um estudo sobre a origem da opressão das mulheres perpetrada pelos homens. História, causas e origens.

A criação do patriarcado (Cultrix, 376 pp, R$ 64 – Trad.: Luiza Sellera) explora cerca de 2.600 anos de história humana e as culturas do Antigo Oriente Próximo, para mostrar ao leitor em um dos mais originais estudos dos últimos tempos, a origem da opressão das mulheres perpetrada pelos homens. Valendo-se de dados históricos, literários, arqueológicos e artísticos, Gerda Lerner refaz o traçado evolutivo das principais ideias, símbolos e metáforas graças às quais as relações de gênero patriarcais foram incorporadas à nossa civilização, sustentando que a dominação da mulher pelo homem é produto de um desenvolvimento histórico. Não é “natural” ou biológica e, portanto, imutável, de modo que o Patriarcado como sistema de organização da sociedade pode ser abolido por processos históricos. Gerda Lerner propõe uma nova teoria de classe, revelando as diferentes maneiras pelas quais as classes são estruturadas e vivenciadas de forma diferente por homens e mulheres.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.