O iFood dará início a um projeto piloto de entregas com robôs autônomos a partir de janeiro de 2020. O projeto está sendo desenvolvido em parceria com a Synkar, empresa especializada em Inteligência Artificial, e pretende ser um marco de inovação no mercado de delivery.

A ideia é que os robôs atendam as especificações da operação. Os veículos são 100% elétricos e ecologicamente corretos, com capacidade para transportar até 30kg, e uma autonomia de 12 horas de trabalho.

Durante a fase de testes, o veículo autônomo fará a primeira etapa do deslocamento total da entrega, fazendo a retirada do pedido no restaurante, localizado dentro da praça de alimentação, e levará até o iFood Hub, estrutura física onde o entregador retira os pedido e seguirá com a entrega por moto ou bike, por exemplo.

A próxima fase dos testes com o robô contemplará a última etapa da entrega, que compreende em receber o pedido pelo entregador e deslocá-lo até o consumidor dentro de grandes condomínios residenciais.

Segundo Fernando Martins, gerente de Inovação Logística do iFood: “O uso de robôs autônomos é um passo em direção à aplicação de Inteligência Artificial para uma experiência de entrega ainda mais eficiente. É com o olhar para o futuro que estamos sendo pioneiros em testar equipamentos autônomos para entregas, garantindo otimização logística pela complementaridade com outros modais. Depois dos primeiros três meses de teste, teremos uma ideia mais concreta de como poderemos escalar”, conta.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.