Em sua segunda viagem a Nova York para encontro com investidores, Freitas destacou o compromisso do país com a modernização da infraestrutura de transportes, sem abrir mão da preservação ambiental

Durante agenda em Nova York (Estados Unidos), nesta terça-feira (22), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reuniu-se com executivos da holding Temasek para apresentar o programa de concessões do governo federal. Com uma carteira de US$ 250 bilhões, o grupo de investimentos de Cingapura manifestou otimismo com a economia brasileira e, de acordo com o CEO para as Américas, John Vaske, busca oportunidades de investimentos no país. 

Em sua segunda viagem a Nova York para encontro com investidores, Freitas destacou o compromisso do país com a ampliação e modernização da infraestrutura de transportes, sem abrir mão da preservação ambiental. O ministro citou, durante sua palestra, recentes acordos firmados com a Climate Bonds Initiative (CBI) e com a agência de cooperação técnica alemã GIZ para certificar os projetos de concessões e estabelecer como diretriz das políticas do Ministério da Infraestrutura a preocupação com a sustentabilidade. “Só existe preservação ambiental se houver desenvolvimento. Com pobreza, não se preserva meio ambiente”, destacou o ministro, referindo-se à Amazônia e à necessidade de gerar empregos.

A viagem a Nova York é parte da estratégia do ministério de apresentar o programa de concessões no exterior para atrair grandes investidores internacionais aos leilões de infraestrutura que estão planejados até 2022. Freitas já passou por Washington, em junho, além de Nova York e Madri, ambas em setembro. O ministro retorna ao Brasil nesta quarta-feira (23).

 

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

Fonte: Governo Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.