A regulação dos vídeos sob demanda (serviços como Netflix) foi defendida durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos. O senador Jean Paul Prates (PT-RN) lembrou que países como Espanha têm tido sucesso com cotas para produção nacional. Já o autor do projeto, senador Humberto Costa (PT-PE), sugeriu que o setor audiovisual nacional se mobilize para aprovar a proposta ainda este ano. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.