O senador Humberto Costa (PT-PE) denunciou, em Plenário, nesta quinta-feira (3), que o programa Bolsa Família está sendo desmontado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro e disse que articula a convocação do ministro da Cidadania, Osmar Terra, para dar explicações ao Senado sobre o assunto.

De acordo com o parlamentar, o programa, que é reconhecido internacionalmente como bem-sucedido, sofreu sucessivos cortes no Orçamento e hoje a espera para uma família ser atendida já supera os 45 dias. Acrescentou que a penúria fiscal do Bolsa Família vai piorar no ano que vem, porque o Orçamento de 2020 não prevê aumento dos recursos nem inclui o décimo-terceiro anunciado.

Humberto Costa revelou um levantamento feito pela assessoria do PT, que demonstra que oitocentas mil famílias foram descredenciadas do Bolsa Família somente entre maio e setembro deste ano. De acordo com o senador, isso ocorre justamente em um período em que a pobreza e a desigualdade estão aumentando.

Essa é uma política criminosa de Estado, de estrangulamento dos mais pobres em várias frentes: na retirada de direitos trabalhistas, na reforma da previdência, na destruição em larga escala de diversos programas sociais — acusou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.