Já era tempo do Uber, principal aplicativo de transportes do mercado, atualizar seu visual. O CEO Dara Khosrowshahi anunciou uma grande renovação no aplicativo, que trará tanto um layout mais moderno quanto aprimoramentos na usabilidade para garantir mais segurança para os usuários e novas funcionalidades para reposicionar a marca no mercado.

Em entrevista a CNBC, Khosrowashahi afirmou pretender expandir os serviços do Uber para que o público tenha um novo olhar para a empresa. O objetivo da companhia é tornar sua plataforma um sistema operacional para o dia-a-dia, o que incluiria por exemplo oferecer mais informações sobre o trânsito – algo que os colocaria como concorrentes diretos do Google Maps e do Waze. De acordo com Khosrowshahi, a ideia é alcançar o patamar da Amazon, que é referência quando o público busca se informar sobre produtos e preços.

A mudança no design incluirá uma integração direta com o Uber Eats, aplicativo de entrega de comida da empresa. Com a integração, o mesmo app deve oferecer por exemplo o serviço de motoristas, de carona compartilhada e de entrega de comida. A novidade está em fase de estudos, porém, e não tem previsão para ser testada.

Outras novidades menores incluem melhorias pensando na segurança do usuário, como a necessidade de uma verificação por PIN de quatro dígitos e um sistema de segurança que permite ao passageiro reportar problemas na corrida em tempo real.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.