O Plenário do Senado aprovou na última quinta-feira (27) a Medida Provisória (MP 866/2018) que cria a empresa Brasil Serviços de Navegação Aérea S/A, a NAV Brasil, responsável pelas torres de controle nos aeroportos. Segundo o relator, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), a nova estatal vai incorporar os 1,8 mil servidores da Infraero, que atuam no serviço de navegação. De acordo com o representante da Aeronáutica, major-brigadeiro da reserva Pompeo Brasil, a NAV Brasil vai incorporar os serviços prestados pela Aeronáutica, o que vai possibilitar investimentos provenientes das tarifas cobradas e de recursos do governo federal. As informações são da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.