Operado pelo grupo suíço Zurich Airport, o aeródromo recebeu investimentos de R$ 570 milhões para a construção do novo terminal e de área de lazer e compras

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, inaugura neste sábado (28) o novo aeroporto de Florianópolis/SC. Operado pelo grupo suíço Zurich Airport, o Aeroporto Internacional Hercílio Luz recebeu investimentos de R$ 570 milhões para a construção do novo terminal e de uma grande área de eventos, lazer e compras. A cerimônia será realizada no Boulevard 14/32, praça localizada junto ao novo terminal, a partir de 17h. O secretário Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Glanzmann, acompanha o ministro.

O novo terminal de passageiros, com 49 mil metros quadrados, é quatro vezes maior que o atual e com capacidade para 8 milhões de passageiros ano. A partir de terça-feira (1°), o novo Aeroporto Internacional de Florianópolis entra em operação. O antigo terminal será desativado na segunda-feira (30).

Terraço panorâmico – O grupo Zurich Airport assumiu as operações em 3 de janeiro de 2018 para operar o aeroporto de Florianópolis por 30 anos. A empresa ganhou a concessão em março de 2017. O grupo detém 100% da operação do aeroporto. Além de Florianópolis, a Zurich Airport adquiriu também a concessão dos aeroportos de Vitória/ES e Macaé/RJ e tem 12,5% de participação na administração do BH Airport. 

O novo aeroporto de Florianópolis, cidade que é o segundo destino mais procurado por turistas estrangeiros do país e hoje é um dos principais polos tecnológicos do Brasil, implementará um conceito aeroportuário inédito no país, mas já consagrado no exterior: a ideia de que um aeroporto não é só um lugar de passagem, mas um lugar para se estar. O conceito inspirou a construção do Boulevard 14/32, do terraço panorâmico e o conjunto de mais de 50 estabelecimentos comerciais, que vão além de lojas, cafés e restaurantes, reunindo também salão de beleza, supermercado gourmet e empreendimentos de lazer.

 

Mais detalhes do novo terminal:

– Dois andares, um para embarque e outro para desembarque;

– Dez pontes de embarque;

– O estacionamento contemplará 2.580 vagas;

– Check-in: número de guichês – 45 posições;

– Esteiras de restituição de bagagem: 8, sendo 2 internacionais, 5 domésticas e 1 reversível;

– Portões de embarque: 13 portões de embarque, sendo 2 internacionais e 11 domésticos.

 

Conceito ecofriendly:

– Reaproveitamento de água de chuva: Irrigação dos jardins e para serem utilizadas em descargas dos vasos sanitários e demais pontos que não necessitam de água potável;

– Jardins internos: Microclima produzido pela vegetação contribui para a diminuição do gasto energético em climatização;

– LED: Grande parte da iluminação será com lâmpadas LED, melhorando a eficiência energética e diminuindo a demanda;

– Redução do uso de energia elétrica: O projeto utilizará vidros especiais para aproveitar a luz natural durante o dia e bloquear parte dos raios solares;

 

Fotos Sergio Sona/Floripa Airport

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

Fonte: Governo Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.