As receitas obtidas com o licenciamento de tecnologias, produtos e serviços desenvolvidos pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) devem ser reaplicadas na própria empresa. É o que prevê um projeto de lei (PLS 39/2017), do senador Álvaro Dias (Podemos-PR), aprovado em caráter terminativo na Comissão de Assuntos Econômicos. Segundo o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), a ideia é dar mais autonomia à empresa. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.