Os recentes cortes de investimentos feitos pelo governo na ciência e tecnologia repercutiram ontem em debate promovido pela Frente Parlamentar Mista de Ciência e Tecnologia, Pesquisa e Inovação do Congresso. Do encontro participaram especialistas e representantes do Executivo.

— Não podemos deixar que continuem acontecendo os cortes. Nosso orçamento hoje é menor do que 15 anos atrás — disse o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), presidente da frente parlamentar.

Na avaliação dele, é preciso debater a importância da inovação, da ciência e da tecnologia para o desenvolvimento do país e encontrar alternativas aos cortes de investimentos.

Já o Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Júlio Semeghini, defendeu a necessidade de desburocratizar o setor.

— A gente precisa permitir as parcerias e desburocratizar os processos de inovação. É incrível o tempo que a gente gasta, e o custo parte do pouco dinheiro que a gente tem para cuidar disso — afirmou.

O encontro foi o segundo da frente parlamentar. A próxima reunião, no dia 26, vai tratar da Lei de Informática.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.