O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, receberá nesta quarta-feira (27), às 10h, os governadores dos estados da Amazônia para discutir a destinação de recursos do fundo da Petrobras, tema da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 568. Em seguida, às 11h, o ministro se reunirá com representantes da Presidência da Câmara dos Deputados, da Secretaria-Geral da Presidência da República, da Procuradoria-Geral da República, da Advocacia-Geral da União, do Ministério da Economia e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Participarão da reunião os governadores do Acre, Gladson Cameli; do Amapá, Waldez Góes; do Amazonas, Wilson Lima; do Pará, Helder Barbalho; de Rondônia, Marcos Rocha; de Roraima, Antonio Denarium; do Tocantins, Mauro Carlesse; de Mato Grosso, Mauro Mendes; e do Maranhão, Flávio Dino.

Fundos

O objeto da ADPF 568 é o acordo firmado entre o Ministério Público Federal (MPF) e a Petrobras para a destinação de US$ 682,5 milhões transferidos pela empresa em razão de acordo celebrado com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ). Na sexta-feira (23), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pediu ao STF que R$ 800 milhões sejam destinados à prevenção e ao combate de incêndios florestais.

CF/AD

Leia mais:

26/08/2019 – Ministro marca reunião para discutir destinação de valores de fundo da Petrobras

 

Fonte: STF

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.