E mais: ‘O livreiro do Alemão’ lança novos livros e o prelo da Planeta, Sextante e Carambaia

O Estadão publicou uma matéria sobre Otávio Júnior, o livreiro do Alemão e criador do projeto Ler é 10 – Leia Favela. A ideia era aproximar a literatura dos moradores, formar leitores (até para ter com quem conversar sobre os livros que lia) e para provar que é possível realizar sonhos. Otávio também é autor e lança seu novo livro Da minha janela, pelo selo infantil da Companhia das Letras. Seu outro livro, Grande circo favela está no prelo da Estrela e será lançado na Bienal do Rio (30/08 a 08/09).

Neste final de semana, a morte de Fernanda Young pegou todos de surpresa. A escritora, atriz e roteirista faleceu aos 49 anos no sítio da família localizado em Gonçalves, no Sul de Minas Gerais. Segundo informações dos jornais, a morte foi causada por uma parada cardíaca causada por uma crise de asma. Fernanda é autora de séries como Os normais, Minha nada mole vida, Os aspones e Shippados. Publicou ao menos 13 livros, dentre eles Vergonha dos pés (Objetiva), sua estreia no mundo literário, e Pos-F: Para Além do masculino e feminino (LeYa), seu primeiro trabalho de não-ficção, em que reflete sobre questões de gênero. Segundo o G1, Leila Name, da LeYa, disse que, em novembro, será publicado um livro inédito escrito por ela aos 17 anos, cujos manuscritos Fernanda localizou recentemente. Ela também estava se dedicando a outra obra, mais extensa, intitulada O livro, em que reconta situações reais por meio da ficção. Essa obra fica inacabada.

Na coluna da Babel, Karol Conká fechou com a Planeta a publicação do seu primeiro livro. Será de poemas e está previsto para fevereiro de 2020. A Sextante prepara para o próximo mês a obra Vá em frente, de Romi Neustadt, a obra é destinada a mulheres que querem ser independentes financeiramente. E inédito no Brasil, Kallocaína, da sueca Karin Boye (1900-1941), deve chegar às livrarias mês que vem pela Carambaia. De 1940, o livro retrata uma sociedade futurista baseada no controle estrito dos cidadãos por um Estado totalitário.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.