Depois de ver a HBO criar um site de recomendações humanas de suas produções para fazer piada com seu tão alardeado algoritmo, a Netflix pelo visto tomou as dores e agora está testando uma nova ferramenta em sua plataforma que envolve justamente curadoria humana.

A nova função no caso é o “Collections”, que a companhia recentemente inaugurou para alguns seletos usuários de iOS no canto superior direito do aplicativo – local onde ficava antes o “Minha Lista”. Embora a proposta no fundo lembra um pouco as categorizações que o serviço de streaming já faz com o algoritmo, conforme as seções são baseadas em itens como gêneros, tons, tipos de história e perfis de personagens, a Netflix afirma que o sistema é fruto da atuação de um time de especialistas formados por diversos membros da equipe criativa da plataforma.

Outro ponto que difere as “coleções” do algoritmo da Netflix é que as sugestões são organizadas em grupos editoriais com títulos engraçadinhos, incluindo temas como “Vamos manter as coisas leves”, “Programas de TV sombrios e chocantes” e “Veja, se choque, repita”. De acordo com testes conduzidos pelo usuário do Twitter Jeff Higgins, as categorias quando clicadas se expandem gradualmente para revelar os títulos escolhidos pela equipe, com o assinante podendo expandir mais conforme o interesse aumente.

Ao TechCrunch, um porta-voz da Netflix confirmou a realização dos testes e acrescenta que a empresa está “sempre procurando novas formas de conectar nossos fãs aos títulos que achamos que eles irão amar”. “Nossos testes geralmente variam entre quanto tempo os usuários irão gastar com a ferramenta e em quais países eles funcionará melhor, e isso pode ou não pode se tornar uma função permanente em nosso serviço” finaliza a companhia no pronunciamento oficial.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.