Lançado no último final de semana pelo The New York Times, o podcast The 1619 Project está recebendo elogios por seu conteúdo que propõe conversas sobre o impacto da escravidão nos Estados Unidos.

O projeto marca os 400 anos da chegada do primeiro escravo africano no país, e busca refletir sobre “as conseqüências da escravidão e as contribuições dos negros americanos no centro da história de nós mesmos sobre quem somos”, segundo a própria descrição do material.

O podcast combina ensaios com conteúdos interativos. As histórias cobrem de tudo, desde política eleitoral para complexos prisionais até o papel do açúcar na dieta estadunidenses, traçando a linha de fundo da escravidão e do racismo desde os primeiros dias dos EUA através da era de Jim Crow até a desigualdade racial que ainda existe hoje no país.

A série é comandada pela repórter Nikole Hannah-Jones, que defende que “nenhum aspecto do país que seria formado foi intocado pelos 250 anos de escravidão que se seguiram”.

Os episódios serão lançados semanalmente e o primeiro programa pode ser ouvido aqui.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.