Novo livro de Miguel de Castillo é um retrato de uma classe forjada em condomínios fechados e paraísos fiscal. Título será lançado nesta quarta-feira, na nova Livraria da Travessa de SP.

Às portas da adolescência, Joel sente-se deslocado entre os amigos da escola e do prédio onde mora. O ano é 1998 e o mundo parece cada vez mais um lugar ameaçador. Ao mesmo tempo em que busca acolhimento num grupo de jovens de uma igreja evangélica, entra em colisão com o modo de vida do pai, que acaba de regressar ao Brasil após quatro misteriosos anos na cidade de Cancún. Décadas depois, com a morte do pai, longe da religião e prestes a ter um filho, Joel decide voltar, sozinho, ao balneário mexicano. Ao tentar repetir os passos paternos, uma viagem simples se torna complexa, e o que se evidencia são os caminhos que levaram Joel a ser quem é. Miguel Del Castillo, faz em Cancún (Companhia das Letras, 168 pp, R$ 44,90) o retrato de uma classe forjada em condomínios fechados e paraísos fiscais, em colégios onde a violência é a regra e no brilho plástico dos fast-foods. O livro será lançado nesta quarta-feira (14), às 19h, na nova Livraria da Travessa de São Paulo (Rua dos Pinheiros, 513)

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.