O IMDb é o maior banco de dados com informações da indústria audiovisual no mundo na internet. Mas ainda que seja responsável tanto por conter o maior número de dados possíveis sobre curtas, médias e longas-metragens quanto por exibir as mais variadas curiosidades e informações sobre pessoas do meio cinematográfico (como fichas técnicas de diretores, atores, roteiristas, produtores, diretores de fotografia e outros), entretanto, o portal recebeu um conjunto de críticas justas da comunidade LGBTQ+.

O motivo das críticas é simples: o IMDb apresenta os nomes de nascimento das pessoas lá listadas, mesmo que estas sejam pessoas transgênero e não tenham dado seu consentimento. No caso de pessoas trans, há inclusive um termo para designar seus nomes de nascimento que diz muito sobre a validade desse registro: “deadname”.

A GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation), organização que milita em prol da aceitação LGBTQ+, chegou a noticiar a política de nomes do IMDb e inflamou a discussão. “Revelar o nome de nascimento de uma pessoa trans sem sua permissão explícita é uma invasão de privacidade que só serve para minar a identidade verdadeira dessa pessoa, e pode a colocar em risco por discriminação e até violência” afirmou Nick Adams, diretor da representação transgênero da GLAAD sobre o caso.

Mas o IMDb pelo visto ouviu as críticas, pois a partir de agora permitirá que mudanças sejam feitas. Se uma pessoa desejar que seu nome de nascimento não seja exibido no site, ela poderá pedir para o portal. A partir disso, a equipe do IMDb avaliará o caso e efetuará a mudança.

No caso de pessoas que foram creditadas com seus nomes de nascimento, o IMDb manterá esse nome entre parênteses ao lado do nome do projeto. A intenção é achar um “meio termo” entre respeitar o registro histórico e as identidades das pessoas. Um exemplo de nomes que estarão entre parênteses é o das irmãs Lilly e Lana Wachowski, diretoras de “Matrix” e “Speed Racer” e criadoras da série “Sense8”. Ambas mudaram seus nomes após a realização de boa parte de seus projetos e, com a mudança, terão suas identidades anteriores exibidas entre parênteses nas fichas de tais obras.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.