Humanização do parto passa por acolhimento e respeito à gestante

23/07/2019, 15h14

A violência obstétrica é realidade para uma em cada quatro mulheres no Brasil, segundo estudo da Fundação Perseu Abramo. Mas como mudar esse cenário? Humanizando o parto. Essa tem sido a luta de vários médicos, enfermeiras e doulas no nosso país.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.