O Facebook está abrindo sua ferramenta de inteligência artificial para permitir que usuários do OpenStreetMap possam adicionar informações como estradas, pontes e edifícios não mapeados.

A empresa espera que sua tecnologia IA, usada na Map With AI, torne mais fácil para os voluntários do OpenStreetMap adicionar áreas não mapeadas, geralmente em zonas rurais e localizações em países como a Indonésia, México e Afeganistão.

Eventualmente, a empresa espera expandir sua ferramenta de mapeamento para cobrir todo o mundo.

O mapeamento feito com inteligência artificial depende de uma visão computacional para detectar padrões em imagens de satélite. O sistema identifica possíveis estradas e as destaca na plataforma do OSM. Só que isso pode ser bem complicado em países, nos quais estradas podem ser confundidas com rios secos, por exemplo.

A ideia do Facebook é ajudar a resolver esses problemas com seu modelo de rede neural profunda, que reconhece estradas em imagens de satélite com uma resolução de 2 metros quadrados por pixel. Esse nível de detalhe permite que a IA localize estradas não pavimentadas e passagens de pedestres.

Junto com Map with AI, a empresa também revelou seu editor RapiD, ferramenta que detecta automaticamente as estradas a partir de imagens de satélite e inclui verificações adicionais de integridade de dados.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.