A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) debateu neste semestre o pacote anticrime do governo; a flexibilização da posse de armas; o vazamento de áudios da operação Lava Jato; a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos para crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte;entre outros temas. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), relator das propostas sobre posse e porte de armas, destacou a importância de ouvir a sociedade civil e especialistas em segurança. Ouça os detalhes das audiências públicas já promovidas pela CCJ em 2019 na reportagem de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.