O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) entrou com pedido medida cautelar, na Justiça Federal, para que o Ministério da Saúde de esclareça a decisão de suspender contratos com 19 laboratórios. O senador também protocolou um requerimento na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) para a realização de um audiência com o ministro Luiz Henrique Mandetta sobre o assunto. Segundo Contarato, parte dos laboratórios fornece remédios para tratamentos pelo SUS e essas medicações não podem faltar. Em nota, o Ministério justificou a suspensão das empresas pelo tipo de contrato que foi firmado com o governo, com preços muito altos para os medicamentos.  Ouça mais detalhes na reportagem de Paula Groba, da Rádio Senado.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.