Morreu na última sexta-feira (28) o editor José Alencar Mayrink, do Grupo Lê composto pelas editoras Lê, Abacatte e Compor. Ele se recuperava de uma cirurgia cardíaca realizada na semana anterior. Por quatro mandatos, foi presidente da Câmara Mineira do Livro; era suplente como diretor distribuidor da Câmara Brasileira do Livro (CBL) na atual gestão e presidente da Associação dos Amigos da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais. Por nota, Vitor Tavares, presidente da CBL, lamentou a morte do colega: “O Alencar sempre foi um nome muito importante na diretoria da Câmara Brasileira do Livro. Com a marca da experiência e do otimismo contribuiu muito nas últimas três gestões da CBL. Nós fará falta”. Em seu Facebook, Rosana Mont´Alverne, também ex-presidente da Câmara Mineira do Livro, disse: “Foi uma figura muito importante para o mercado editorial brasileiro e jamais fugiu à luta por seu melhor amigo: o livro. Lutou e lutou por políticas públicas de apoio, promoção e fomento ao livro e à leitura em várias entidades de classe e também à frente da Associação Amigos da Biblioteca Pública Estadual”.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.