Organizado pela Oboré, Curso de Jornalismo em Guerra e Violência Armada selecionará 20 estudantes, que irão atuar sob coordenação de Aldo Quiroga. Inscrições ficarão abertas até 18 de agosto

Estão abertas até 18 de agosto as inscrições para o 18º Curso de Jornalismo em Guerra e Violência Armada. Trata-se de módulo do Projeto Repórter do Futuro realizado pela Oboré em parceria com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e Instituto de Pesquisa, Formação e Difusão em Políticas Públicas e Sociais (IPFD). O curso conta com o apoio da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Os 20 estudantes selecionados participarão das palestras e entrevistas coletivas entre de 21 de setembro a 2 de novembro, sempre aos sábados, com coordenação do jornalista Aldo Quiroga.

A atividade reúne, desde 2001, juristas, militares, policiais e jornalistas para tratar sobre normas internacionais aplicáveis em situações de conflito armado e outras situações de violência e sobre o trabalho da imprensa nestes contextos, além de apresentar o perfil da ação humanitária do CICV em mais de 80 países.

Neste ano, os conferencistas serão o chefe-adjunto da Delegação Regional do CICV, Filipe Tomé de Carvalho, o assessor jurídico do CICV, Gabriel Valladares e o responsável técnico do Programa com as Forças Policiais e de Segurança do CICV, Paulo Roberto Oliveira. Também haverá um encontro sobre a cobertura da imprensa brasileira de conflitos armados e violência armada com a jornalista Bianca Vasconcellos da TV Brasil.

C-SE Empregos:

Ao todo, serão escolhidos 20 participantes, estudantes universitários de graduação na área de Comunicação Social que tenham interesse nesse tema. A seleção será realizada online entre 22 e 24 de agosto. Os candidatos realizarão um teste de seleção que visa avaliar o perfil dos interessados e identificar quais poderão ter melhor aproveitamento do módulo.

O resultado será divulgado no dia 13 de setembro e as matrículas entre 16 e 18. Essas e outras informações estão disponíveis no site do projeto.

Serviço

O quê?
18º Curso de Jornalismo em Guerra e Violência Armada

Como participar?
Inscrições disponíveis no site até 18 de agosto

Fonte: Comunique-se

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.