Os governadores do Nordeste estão negociando com o governo federal medidas adicionais para equacionar as dívidas previdenciárias dos estados, afirmou o senador Jean Paul Prates (PT-RN) nesta quinta-feira (4), em Plenário.

Segundo o parlamentar, as propostas do ministro da Economia, Paulo Guedes, apenas minimizam o deficit, mas não o resolvem. A sugestão dos governadores é a criação do fundo de compensação previdenciária, com receitas advindas da exploração de recursos naturais, como o petróleo, explicou Jean Paul.

O Rio Grande do Norte, por exemplo, tem um deficit previdenciário mensal da ordem de R$ 130 milhões. A única medida incluída por Paulo Guedes, que poderia amenizar a situação, é o aumento da alíquota previdenciária de 11% para 14%. No caso do Rio Grande do Norte, isso renderia R$ 40 milhões, então não resolve. [O déficit ainda seria de R$ 90 milhões] — avaliou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.