Por aclamação, a ministra Cármen Lúcia foi escolhida para presidir a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) a partir da próxima sessão. De acordo com o Regimento Interno do STF, o mandato dos presidentes das duas Turmas tem duração de um ano. O ministro Ricardo Lewandowski, que deixa a presidência do colegiado, agradeceu aos colegas, ao representante do Ministério Público Federal, aos advogados e aos servidores a colaboração que teve ao longo do último ano e foi saudado pelo decano da Corte, ministro Celso de Mello, pela forma serena, tranquila e eficiente com a qual conduziu os trabalhos do colegiado, pela segunda vez desde que chegou à Corte. Lewandowski agradeceu ao decano e o classificou como paradigma a ser seguido por todos os ministros do STF. 

Fonte: STF

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.