A fim de oferecer suporte e ferramentas para que crianças e adolescentes brasileiros desenvolvam o consumo de informação de forma segura e responsável, o Instituto Palavra Aberta lança o projeto EducaMídia – Programa de Educação Midiática, que contará com um investimento de R$ 4 milhões do Google.org nos próximos 2 anos.

O objeto do programa é ser uma ferramenta educacional que prepara esse público em formação para o contexto social em que estamos cada vez mais inseridos, de uma poluição de informações, aumento da intolerância, e da fusão entre produtores e consumidores de conteúdo.

Segundo Juliana Nolasco, gerente de políticas públicas e relações governamentais do Google Brasil, há muitos desafios nessa área que precisam ser resolvidos: “Os desafios são muitos, mas enxergamos que as soluções também devem ser, afinal a educação midiática deve ser uma conquista almejada por toda a sociedade”, conclui.

O público-alvo do programa são professores e educadores do Ensino Fundamental. A ideia é que esses profissionais propaguem a educação midiática desde acessar até participar de maneira crítica do ambiente informacional midiático em todos os seus formatos.

A projeção é que o EducaMídia treine mais de 5 mil professores e educadores, e atinja cerca de 175 mil estudantes em 10 estados do país. A plataforma do programa pode ser conferida aqui.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.