Devido a dúvidas dos partidos em relação a mudanças feitas pelo deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE) ao projeto da nova Lei de Licitações (PL 1292/95), o Plenário adiou a votação da matéria, cujo texto principal deveria ir a voto nesta terça-feira (4).

A proposta cria modalidades de contratação, exige seguro-garantia para grandes obras, tipifica crimes relacionados ao assunto e disciplina vários aspectos do tema para as três esferas de governo (União, estados e municípios).

Mais informações em instantes

Fonte: Câmara dos Deputados

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.