A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou nesta terça-feira (4) um projeto de lei (PL 683/2019) que reconhece Florianópolis como Capital Nacional da Nanotecnologia e Novos Materiais. O relator da matéria é o senador Dário Berger (MDB-SC).

— O setor de nanotecnologia foi incluído entre os principais eixos do Plano de Desenvolvimento de Florianópolis. O município já possui empresas que são referências mundiais, além de um conjunto significativo de pesquisas e projetos relacionados ao tema dentro das universidades — argumentou Dário.

Segundo o parlamentar, Florianópolis foi precursora na instalação do primeiro arranjo promotor de inovação em nanotecnologia do país. Em Santa Catarina, 28 empreendimentos se beneficiam da articulação com centros de pesquisa, parques tecnológicos, incubadoras e programas de fomento.

Para o autor do PL 683/2019, senador Jorginho Mello (PL-SC), a homenagem “faz justiça aos esforços empreendidos pela população local na conservação e continuidade dessa importante tradição empreendedora”. Se não houver recurso ao Plenário, a matéria segue diretamente para a Câmara.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.