A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as causas do rompimento da barragem em Brumadinho (MG) promove audiência pública nesta terça-feira (4) para ouvir Uriel de Almeida Papa, secretário de Infraestrutura Hídrica, de Comunicações e de Mineração do Tribunal de Contas da União (TCU); e Fernando Gabriel da Silva Araújo, diretor do Departamento de Pesquisa em Engenharia e Educação Continuada da Fundação Gorceix.

O convite ao representante do TCU foi requerido pelo senador Carlos Viana (PSD-MG), relator da CPI, em razão dos diversos relatórios de auditoria do tribunal nos últimos anos relatando e pedindo providências sobre as dificuldades e deficiências na fiscalização da segurança de barragens no Brasil.

“O TCU destacou a altíssima exposição à fraude e corrupção na Agência Nacional de Mineração (ANM), antigo DNPM. Tendo em sua estrutura uma Secretaria de fiscalização que abrange o setor de mineração e tendo estudado o assunto ao longo dos anos, o TCU acumulou grande conhecimento, de fundamental importância para que esta CPI possa propor uma legislação que resolva essas carências e falhas”, justificou o senador.

Carlos Viana também requereu a presença do diretor da Fundação Gorceix por ser essa uma das principais instituições de apoio ao desenvolvimento de ciência e tecnologia do setor mínero-metalúrgico do Brasil. “Por isso, tem muito a contribuir com a CPI, apontando soluções alternativas para o uso de rejeitos de mineração, entre outras contribuições”, explicou.

A audiência está marcada para as 13h, no plenário 7 da Ala Senador Alexandre Costa.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.