As categorias Infantil e Juvenil foram separadas, o prêmio terá duas listas de finalistas e a Personalidade do Ano será Conceição Evaristo

Na manhã desta quinta-feira (16) o Prêmio Jabuti abriu as inscrições da sua 61ª edição e anunciou algumas mudanças e ajustes importantes.

A primeira delas foi a separação das categorias Infantil e Juvenil no eixo Literatura e os livros de Documentário e Reportagem que agora passam a ser inscritos junto à categoria Biografia, e não mais Humanidades. Segundo Pedro Almeida, curado do Prêmio, essa última mudança foi uma demanda de algumas associações como a ABEU. “Esperamos que cresça o número de inscritos, mas que também suavize para os jurados”.

O Eixo Livro também recebeu a realocação da categoria Tradução, que antes estava presente em Literatura. “Nem toda tradução é de livro literário, então não fazia sentido, a tradução também é um aspecto técnico do livro”, explicou Pedro. Já as coletâneas compostas por textos não inéditos só poderão ser inscritas nas categorias que compõem o Eixo Livro, e não mais no Eixo Literatura.

No Eixo Inovação, a categoria lançada como Formação de Novos Leitores recebeu um novo nome: Fomento à Leitura. Segundo o conselho curador, o novo nome torna a categoria mais ampla. “Antes ela estava um pouco fechada na iniciação de novos leitores e o propósito dessa categoria sempre foi a promoção da leitura, por isso a mudança”, concluiu o curador do prêmio.

Fechando essa edição com 19 categorias, o Prêmio Jabuti também anunciou que terá duas listas de finalistas, “para dar ainda mais relevância aos vencedores”, justificou Pedro. Na primeira serão anunciados 10 finalistas para cada categoria, e na segunda, cinco finalistas. Portanto, estão abertas até o dia 28 de junho as inscrições para a 61ª edição do Prêmio Jabuti, e para a consulta pública para indicação de jurados, as inscrições terminam no dia 16 de junho.

Outra coisa que merece atenção são os Critérios de Avaliação que foram revistos para que, na visão do conselho, tudo ficasse mais claro para quem for se inscrever.

Valor

A edição desse ano continua com o mesmo valor para as inscrições (R$ 285 para associados CBL, R$ 327 para autores independentes, R$ 370 para associados de entidades congêneres e R$ 430 para não associados) e com o mesmo valor para a premiação (R$ 5 mil para o vencedor de cada uma das 19 categorias e R$ 100 mil para o vencedor do Livro do Ano).

Personalidade do Ano

Outra mudança importante é que a personalidade desse ano do Prêmio já foi divulgada, e a escolhida foi Conceição Evaristo. “Decidimos antecipar para que todos tenham tempo de trabalhar o nome dessa personalidade”, explicou Vitor Tavares, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL).

Pedro Almeida contou também que foi um consenso do conselho escolher Evaristo e que era o momento certo para essa homenagem. “Conceição ainda tem muito o que produzir e é o Prêmio que se sente homenageado com essa decisão”, declarou o curador.

A ideia é que o homenageado da edição de 2020 seja divulgado ainda esse ano para que as editoras trabalhem o assunto, o autor possa aproveitar a homenagem e para que o público conheça melhor a obra da pessoa.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.