Como prometido desde o ano passado, o Facebook disponibilizará em breve o recurso Clear History, que permitirá aos usuários apagarem seus dados pessoais da rede social. Isso afetará diretamente a segmentação de anúncios das marcas que utilizam a plataforma para isso, e O Facebook está explicando qual será esse impacto.

Algumas das ferramentas mais populares do Facebook, como o Facebook Pixel e o Custom Audiences usam o pixel (código de computador) para identificar quando um usuário visita seu site e, em seguida, direcionar um anúncio para esse mesmo usuário via Facebook. Não importa se você tenha visitado o site da empresa uma única vez na vida, ela tem seus dados para enviar anúncios. Mas com o Clear History, quem limpar o seu pixel terá essas informações apagadas. Sendo assim, uma empresa só voltará a enviar anúncios para esse usuário, caso ele, em algum momento, crie esse rastreamento novamente, ou seja, se o usuário visitar o site da empresa de novo.

Com isso, todo o setor de publicidade digital está alerta e repensando os formatos para coletar informações do público com o objetivo de veicular anúncios segmentados.

O Facebook tem conversado com marcas e agências sobre como será esse impacto. Em comunicado, a plataforma diz: “Tivemos conversas ao longo do caminho com empresas, agências e órgãos da indústria para ter uma noção das coisas que os anunciantes vão querer saber”. Mas apesar de admitir essas conversas, a plataforma não revelou que tipo de informações tem compartilhado com as empresas.

O Clear History ainda não tem uma data oficial de lançamento, mas segundo o Facebook, ele será liberado nos próximos meses.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.