A autora irlandesa Sally Rooney venceu na categoria Livro do Ano com a obra ‘Normal People’

Nesta segunda-feira (14), o British Book Awards 2019 revelou seus ganhadores e a autora irlandesa Sally Rooney venceu na categoria Livro do Ano com a obra Normal People. O livro já havia ganhado o prêmio na categoria Livro de Ficção do Ano, enquanto Canção de ninar (publicado por aqui pela Tusquets / Planeta), de Leila Slimani, venceu a categoria Ficção de estreia. O conto de Rooney fala sobre dois amigos de faculdade que cresceram em Dublin e foi chamado de “lindamente observador e profundamente comovente” por Alice O’Keeffe, editora do The Bookseller, que revelou ainda que foi a obra foi “unanimemente elogiada” pelos juízes. Sally tem apenas um livro traduzido para o português: Conversas entre amigos (Alfaguara). Já Minha história (Objetiva), autobiografia de Michelle Obama ganhou em duas categorias, Não Ficção do Ano e Audiobook do ano. O escritor de suspense Lee Child, publicado por aqui pela Bertrand, foi nomeado Autor do ano, enquanto Judith Kerr foi presenteado como Ilustrador do ano.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.