A Microsoft agora também é uma empresa trilionária. A companhia de Bill Gates tornou-se a terceira empresa dos Estados Unidos a ultrapassar um valor de mercado de US$ 1 trilhão, seguindo os passos da Apple e da Amazon, que também atingiram seus trilhões no ano passado.

A empresa passou o marco hoje, 25/04, depois de um salto no preço de suas ações, que abriram US$ 130,00 por ação hoje, cerca de 4% do preço de fechamento de ontem, em US$ 125,00.

Embora o preço das ações provavelmente flutue muito ainda nos próximos dias (e hoje mesmo), a empresa atingiu o valor de mercado de US$ 1 trilhão durante o horário comercial da NASDAQ. A avaliação atual da Microsoft também significa que ela ultrapassou novamente a Apple como a empresa mais valiosa do mundo, coisa que já tinha acontecido em novembro de 2018.

As ações da Microsoft foram impulsionadas graças ao crescimento da nuvem. A produtora de software tem impulsionado seus produtos em nuvem nos últimos anos, e a empresa tem como objetivo alcançar o domínio da AWS na Amazon com o Azure, que atualmente está em segundo lugar, à frente inclusive das próprias ofertas do Google.

Os últimos ganhos da Microsoft também revelaram que os três principais segmentos em que a empresa divide seus negócios estão indo bem e contribuindo aproximadamente com o mesmo volume de receita neste trimestre, cerca de 30% cada.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.