Projeto que obriga instituições financeiras a emitir contratos e outros documentos em braile (PLS 21/2016) foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) nesta quinta-feira (25). A mudança é importante, de acordo com o relator do projeto, senador Flávio Arns (Rede-PR), pois há instituições financeiras que alegam falta de previsão legal para negar a emissão de documentos acessíveis a pessoas cegas. O texto, de iniciativa do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), já pode seguir para análise da Câmara dos Deputados.

A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.