Podem existir erros em sua estratégia de Email Marketing, e agora é hora de encontrá-los e corrigi-los



O Email Marketing é um dos canais que apresenta melhor retorno financeiro quando falamos de estratégias de Marketing Digital. Com baixo investimento, é possível não só alcançar um grande número de pessoas como também mensurar a eficácia da sua estratégia e adequá-la ao seu público.

Por isso, se você não está conseguindo vender através deste canal, pode ser necessário revisar sua estratégia, começá-la do zero ou até buscar outras fontes de conversão, mas lembre-se: nada de desistir do Email Marketing!

“,
progressTemplate: “”
});
}
});

Revisando cada passo

Para poder rever sua estratégia, é preciso ter as métricas essenciais de Marketing Digital em mãos. Para o Email Marketing, elas são: taxa de abertura, cliques, hard bounce, descadastro e marcação de spam.

Se você não tem esses dados, este pode ser seu primeiro problema. Volte duas casas e contrate uma ferramenta de Email Marketing que possa te fornecer todos esses insights fundamentais.

Se você tem todos os dados importantes ao alcance, é hora de analisar cada passo.

Seus clientes não abrem seus emails

Existem alguns motivos que explicam por que sua taxa de abertura é baixa. Pode ser um assunto pouco atrativo, uma base que não engaja ou até problemas na entrega dos seus emails. Todos eles fazem com que acabem em caixas de spam ou lixo eletrônico.

Não tenha medo de fazer testes com os headlines (linhas de assunto) de seus emails. Se um disparo teve pouco ou nenhum sucesso, faça mudanças. Personalize sua chamada e crie algo irresistível, que atice a curiosidade do seu público.

Campanhas segmentadas e testes A/B também ajudam a entregar para cada cliente exatamente o que ele procura. Mesmo que você tenha um público-alvo definido, nem todos os inscritos na sua lista de emails estão à procura dos mesmos serviços ou produtos que sua empresa oferece. Entenda quem quer o que e garanta a entrega.

Falando em sua lista de emails, quando foi a última vez que você fez aquela faxina em sua base? Você está se relacionando com os Leads desengajados sem prejudicar seu domínio? Ações como essas interferem diretamente na eficácia de suas campanhas.

Como vai a sua base?

Concentre seus esforços naqueles Leads que estão interessados, mas sem esquecer de realizar periodicamente ações de reengajamento de sua base de contatos. O que falta para isso acontecer?

Se sua base não foi obtida de maneira orgânica, com opt-ins, e foi comprada, você tem mais um problema, e esse é grande. Pode ser que você tenha caído na lista negra de Email Marketing.

Isso significa que você foi classificado como spam, porque está lotando a caixa de entrada de pessoas que não têm interesse na sua empresa. Sair de uma lista negra é muito difícil e custoso, é algo que pode jogar todo o trabalho de sua equipe pela janela.

Tudo acima pode ser corrigido e evitado se você, por exemplo, garantir que sua equipe tenha profissionais especializados em Marketing Digital. Eles poderão medir e corrigir erros em fases iniciais do processo, bem como criar estratégias novas para contornar esses eventuais obstáculos.

Por isso, busque cursos de Marketing Digital no mercado para preparar a sua equipe e atingir resultados reais através de campanhas de Email Marketing.

Os clientes abrem o email, mas não clicam

Seu problema não é taxa de abertura, mas tráfego e mapa de calor? Isso significa que tudo no item anterior está andando bem, mas seu cliente provavelmente se decepciona quando abre o seu email. E se continuar assim, ele simplesmente vai parar de abri-lo e pedir para sair de sua lista.

A raiz da falta de engajamento pode estar no conteúdo dos seus emails. Campanhas com visual simples, com poucas imagens e linguagem clara e objetiva conseguem cativar mais o público-alvo.

Sem falar que não adianta ter um conteúdo ótimo e informativo sem um Call to Action que instigue o cliente a ir para seu site e, quem sabe, finalizar a compra.

Também é preciso entender se o layout do seu email é responsivo e pode ser facilmente aberto em qualquer dispositivo. Lembre-se que compras feitas pelo celular representam 60% das vendas online.

Seus clientes abrem o email e clicam, mas não compram

Se seu Email Marketing chega até o cliente, que abre e clica, mas na hora da compra desiste, provavelmente existe uma lacuna entre expectativa e realidade. Isso significa que o problema não está no seu email, mas sim na estratégia usada para posicionar seu produto ou serviço no mercado.

Os problemas podem envolver preço, qualidade do produto ou confiança na marca. Sendo assim, é melhor rever a estratégia de marketing como um todo, não só dos emails.

Converse com seu público, faça pesquisas e procure entender porque eles não finalizam a compra. Comunique-se, por exemplo, com os clientes que deixam produtos no carrinho e tente oferecer pequenas, mas significativas vantagens para fechar o negócio.

Aplicando outras estratégias

Existem clientes em todos os canais esperando para serem encontrados por sua empresa, por isso é imprescindível explorar as possibilidades. Há quem vai preferir saber mais sobre o seu produto pelo Messenger do Facebook, Direct do Instagram, comentário do LinkedIn e, por que não, por Email Marketing? Por isso, teste com atenção todos os canais.

Você pode ainda complementar suas estratégias. Lembra daquela lista de pessoas que nunca abrem seus emails mesmo depois de suas ações reengajamento? Não a descarte totalmente, crie campanhas de remarketing nas mídias sociais e Google Ads.

Atente que se uma pessoa se interessa por seu produto ou serviço a ponto de se inscrever em sua newsletter e acompanhar suas notícias e informações, um pequeno empurrão em direção ao seu produto pode ser a única coisa que falta. Você pode ganhar esse cliente com um email personalizado ou uma oferta com senso de urgência. O importante é continuar criando fluxos automatizados e alimentá-los para seguir conversando com esse Lead.

Começando do zero

Se você se deparou com muitos dos problemas citados acima, uma opção para sua estratégia de Email Marketing pode ser começar do zero. Repense o posicionamento do seu produto e da sua comunicação.

Com que frequência você pede feedbacks para sua audiência ou para seus clientes? Algo pode ter mudado no comportamento do seu público que passou despercebido e começar do zero com certeza vai mudar o resultado de vendas de seu Email Marketing.

Isso pode ser feito com uma nova lista de emails e estratégia de captação de Leads, com uma equipe especializada e as ferramentas certas.

Entenda que esse é um processo complexo, que vai muito além de uma ferramenta ou um funcionário que aperta um botão para disparar um email. Todos os setores da empresa estão envolvidos no sucesso dessa campanha: planejamento estratégico, marketing, atendimento ao cliente e vendas.

Recomeçar certamente não é fácil e pode resultar no sentimento de que todo o trabalho anterior foi desperdiçado. Não pense assim, os erros cometidos servem para melhorar sua estratégia e garantir o sucesso do seu negócio.

A partir de agora, o único caminho possível é o sucesso de vendas que será gerado pelos emails da sua empresa. Para se aprofundar no tema, baixe gratuitamente o Guia Definitivo do Email Marketing! Para acessar, basta preencher os dados abaixo.

Fonte: Resultados Digitais

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.