Foi realizada nesta sexta-feira (5) no Plenário do Senado sessão solene em homenagem aos 300 anos da cidade de Cuiabá (MT), a pedido do senador Wellington Fagundes (PR-MT) e do deputado Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT). A sessão teve início com a leitura do discurso enviado pelo presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Roque de Sá/Agência Senado

Solenidade comemorou o aniversário da capital do Mato Grosso

O presidente do Senado salientou a relevância do estado do Mato Grosso para o país. “Economicamente, o Estado representa muito para o Brasil, e para o mundo representa mais ainda, à medida que contribui para a segurança alimentar, em razão da grande produção de alimentos”, disse. Ele lembrou que Cuiabá tem cerca de 600 mil habitantes e falou que pretende colaborar com ações concretas para o desenvolvimento humano e material, além de projetos de infraestrutura para o fortalecimento econômico da cidade e melhoria da vida da população e dos visitantes.

A história da cidade foi relembrada pelo senador Lucas Barreto (PSD-AP) com destaque para a cultura, tradições e o povo cuiabano, “que enche o Brasil de orgulho”, nas palavras do parlamentar. No mesmo sentido, o senador Wellington Fagundes (PR-MT) recordou que a cidade foi fundada em abril de 1719 por bandeirantes paulistas que buscavam por ouro na região e que nesses 300 anos a capital do Mato Grosso passou por muitas mudanças. “Hoje é um centro de referência em prestação de serviços, em produção industrial, um ativo polo comercial e de atração de turistas do Brasil e do mundo, graças ao seu espetacular patrimônio histórico, suas encantadoras belezas naturais, além do Pantanal, que é patrimônio da humanidade”, destacou.

Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá, salientou as condições e as perspectivas que o estado tem para o agronegócio. “O relevo é fantástico, a nossa planície é extremamente reta. O clima mato-grossense não conhece cheias, ciclones ou secas exageradas. Temos, enfim, as condições ideais para uma agricultura de larga escala”. Disse também que o Mato Grosso colhe mais de 25 milhões de toneladas de grãos e que Cuiabá reúne condições para se tornar um grande polo industrial e transformar a enorme produção agrícola e pecuária.

Durante a solenidade, o senador Wellington Fagundes se manifestou contrariamente à proposta da reforma da Previdência. “Não se pode falar em acabar com o Benefício da Prestação Continuada. Aí já é demais! Nós estamos prontos para fazer reformas para modernizar o País, mas no sentido de gerar emprego e oportunidades”, afirmou.

O senador agradeceu a presença do embaixador do Estado da Palestina no Brasil, Ibraim Alzeben. “Isso demonstra a nossa relação de amizade, de fraternidade com o mundo palestino. E com certeza esse trabalho conjunto é extremamente importante para o desenvolvimento também da nossa Nação”, afirmou. Segundo Alzeben, a Palestina importa quase US$ 14 bilhões do Brasil e há intenção de aumentar esses números.

Fonte: Câmara dos Deputados

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.