O chanceler Ernesto Araújo apresentou na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), um breve balanço dos primeiros três meses de governo. Segundo o ministro das Relações Exteriores, cresceu o isolacionismo nos governos Dilma e Temer, e o Brasil passou apenas a acompanhar passivamente os eventos internacionais. O chanceler disse ainda que o pragmatismo ideológico de governos anteriores, além de não gerar resultados comerciais, provocou uma gigantesca desindustrialização no Brasil. Para o senador Jaques Wagner (PT-BA), a atual política externa brasileira é subalterna. A reportagem é de Floriano Filho, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.