A Câmara realizou, nesta quinta-feira (28), sessão solene em homenagem aos trabalhos realizados pela Polícia Federal. Segundo a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), autora do requerimento da solenidade, o objetivo da sessão é reconhecer o trabalho que os policiais têm realizado a favor do Brasil.

Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Polícia Federal está comemorando 75 anos

Em discurso lido em Plenário, o presidente Rodrigo Maia destacou a atuação dos policiais federais nos últimos anos. “A Polícia Federal tem um papel preponderante, atuando quer no âmbito preventivo, quer no repressivo, em favor dos interesses da União e da sociedade”, ressaltou.

Autonomia
A deputada Carla Zambelli defendeu a autonomia orçamentária e administrativa da Polícia Federal. “A polícia não pode ser de governo, a polícia tem que ser de Estado. A polícia judiciária da União precisa ter essa autonomia para investigar quem quer que seja, onde quer que seja”, afirmou.

Para o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenafep), Luís Antônio Boudens, a Polícia Federal deveria ser ouvida tanto sobre a reforma da Previdência quanto sobre outros temas que afetam a instituição. “Que as discussões já iniciadas retornem à nossa casa e cheguem aos parlamentares com a mensagem pura, com textos claros e pertinentes”, solicitou.

Concurso
De acordo com a Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), faltam mais de 4 mil servidores para cobrir cargos da Polícia Federal. Entretanto, o edital do concurso publicado em 2018 conta com apenas 500 vagas.

O deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) disse que espera a efetivação dos já aprovados no concurso. “Esperamos que possam ser chamados, para que a Polícia Federal possa atuar com um número pelo menos razoável de profissionais nessa caminhada”, afirmou.

História
A Polícia Federal completa 75 anos em 2019. A instituição teve início em 1808, mas somente em 1944 um decreto transformou a Polícia Civil do Distrito Federal, sediada no Rio de Janeiro na época, em Departamento Federal de Segurança Pública.

Fonte: Câmara dos Deputados

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.