O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) usou a tribuna do Plenário nesta segunda-feira (25) para criticar a atitude do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, de expor publicamente o seu descontentamento com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Para Kajuru, é dever dos representantes evitar “trepidações” que possam prejudicar o ambiente político e, por consequência, o país.

— Lamento que divergências que poderiam ser resolvidas através do diálogo ou mediações políticas, e de forma discreta, tenham sido levadas a público, como aliás acontece todo fim de semana desde o início deste governo. Isso em nada ajuda na busca da estabilidade política. Como todos sabem, sou homem de posição e não de oposição, mas hoje decidi por subir a esta tribuna para firmar posição em defesa do ministro Sergio Moro — disse.

No fim da última semana, o deputado Rodrigo Maia acusou o ministro Sergio Moro de estar extrapolando sua competência ao demandar que a Câmara discuta o pacote de legislação anticrime (composto de três projetos PL 881/2019, PL 882/2019 e PLP 38/2019). Por sua vez, o ministro Moro insinuou que há pessoas interessadas em adiar indefinidamente o combate ao crime.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Senado Federal

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.