A assistente digital do Bradesco, que leva o nome de BIA (Bradesco Inteligência Artificial) acaba de alcançar o total de 100 milhões de interações com clientes, funcionários e demais interessados, desde o início de sua operação no final de 2016.

De acordo com o comunicado da empresa, 75% dessas interações ocorreram nos últimos 12 meses.

A quantidade de usuários também vem aumentando a cada dia, e praticamente quadruplicou entre fevereiro de 2018 e fevereiro de 2019. Atualmente são 14 milhões de usuários.

A BIA interage por mensagens de texto, chat interativo ou voz, e é capaz de esclarecer dúvidas sobre produtos e serviços via App Bradesco, App next, Google Assistente e WhatsApp.

Com tempo de resposta menor que 3 segundos e 95% de resoluções de todos os casos que passam por ela, a assistente dispensa em muitos casos a ida até agências e auxilia na realização de diversos serviços digitais como consultas de saldo e extrato, transferências, pagamentos de conta, investimentos, entre outras transações. No total, a BIA responde sobre mais de 85 produtos e serviços do Bradesco.

O Bradesco já acompanhava de perto a evolução da inteligência artificial em diferentes áreas, quando decidiu lançar o desafio de trazer a solução para o setor financeiro. Após fechar um contrato com a IBM, responsável pelo fornecimento da tecnologia cognitiva Watson, e mobilizar equipes para dar vida à então inédita modalidade de atendimento, o Bradesco lançou a BIA em 2016.

Em curto espaço de tempo, o trabalho ganhou grande dimensão, redefiniu modelos no quesito atendimento digital e hoje é considerado uma referência mundial.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.