Quem é fã de programas de culinária provavelmente conhece o “Chef’s Table”, série de documentários da Netflix que passeia pelos “bastidores” dos restaurantes dos principais chefs de cozinha do mundo com aquele gostinho de “porn food” de dar água na boca. O Burger King resolveu pegar emprestada a ideia da produção e criar o seu próprio minidocumentário sobre comida, mas focado em café.

Intitulado “BK Café”, o comercial surpreende a princípio por misturar a fórmula de origens do prato não só com o café da marca mas também por incluir no meio do processo o “The King”, seu mais famoso mascote. O vídeo é quase inteiro focado na rotina de Don Diego, fazendeiro de café na Colômbia que é um dos vários fornecedores do produto para a rede de fast food, mas o rei e sua cabeça gigante de plástico permeiam toda a jornada dos grãos, incluindo atos vitais como a colheita e a sua lavagem – tudo naquele tom edificante e de fotografia ultra plástica para fazer derreter os olhos de satisfação.

Mais inusitada que a aparição do personagem da rede no vídeo, porém, é o fato que o BK de fato chamou David Gelb, o principal nome artístico da produção de “Chef’s Table”, para comandar o comercial, que em teoria divulga a qualidade da matéria prima de seu café – o tal dos grãos 100% arábicos que aparece no fim do vídeo. Confira acima a peça na íntegra.

Além do comercial, o Burger King recentemente lançou nos Estados Unidos um serviço de assinatura que permite aos clientes que tenham acesso todo dia a um copo de café da marca em qualquer uma das unidades da rede de fast food ao preço de 5 dólares.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.