Há poucos dias, alguns usuários perceberam que o Instagram está oferendo um suporte diferente para quem pesquisa pelos termos “ansiedade” ou “depressão”.

Ao digitar uma das duas palavras, a plataforma abre um aviso: “Publicações com as palavras ou tags que você está procurando muitas vezes incentivam um comportamento que pode fazer mal a uma pessoa e até levá-la à morte. Se você está passando por uma situação difícil, gostaríamos de ajudar”.

Ao clicar em “obter apoio”, o usuário é levado a uma página no navegador do smartphone que traz três alternativas: falar com um amigo, falar com um voluntário da linha de apoio (Centro de Valorização da Vida – CVV) ou receber dicas sobre saúde mental.

Em qualquer uma das formas escolhidas, o usuário receberá apoio em momentos delicados, como crises de ansiedade.

Segundo uma pesquisa da Sociedade Real para Saúde Pública, da Grã-Bretanha, o Instagram é considerado a rede social mais nociva para a saúde mental, principalmente para adolescentes e jovens.

Vale lembrar que para entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida, basta ligar 141 de qualquer telefone. O centro possui voluntários de prontidão 24 horas por dia.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.