‘A casa dos deuses’ é uma pentalogia em forma de romance e uma pesquisa histórica que fala sobre a interação entre os Tupinambás, africanos, ciganos e judeus

A Casa do Deuses (Autografia, 680 pp, R$ 89,90) é fruto de uma pesquisa histórica sobre a interação entre os Tupinambás, africanos, ciganos, judeus e a transmissão oral dos seus valores culturais, de sua história e sua preservação. A obra, escrita por José Leonídio, é uma pentalogia sob a forma de romance que envolve essas interações entre o século XVI e XX. Os romances se referem a cada século e têm por objetivo contar a história da Guanabara na ótica dos infames. Todos os volumes que constituem a Casa dos Deuses, são independentes; não são histórias construídas em capítulos, mas sim a forma de transferência dos valores nativos, um patrimônio cultural imaterial que foi sendo passado através dos séculos, dentro do conceito literário do Realismo Mágico.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.