A Netflix tem planejado fazer mais programas interativos no estilo de “Black Mirror: Bandersnatch”, lançado em dezembro de 2018. Segundo o vice-presidente de produtos da empresa, Todd Yellin, o sucesso do episódio em diferentes lugares do mundo é o motor desse interesse da plataforma em replicar o formato: “Percebemos que a narrativa interativa é algo em que queremos apostar mais. Estamos dobrando isso. Portanto, espere durante os próximos dois anos para ver mais histórias interativas”, conta.

Yellin também explicou que os futuros conteúdos interativos podem não se enquadrar no mesmo estilo de Bandersnatch, podendo atender a qualquer gênero: “Não será necessariamente ficção científica ou não será necessariamente sombrio. Pode ser uma comédia maluca. Pode ser um romance, onde o público pode escolher, se ela sai com ele ou não”, comenta.

O presidente também enfatizou que a emprsa fará muito mais conteúdo voltado para o público indiano, dobrando a produção de conteúdo a cada ano de forma exponencial. Ele ressaltou o sucesso da série indiana original Netflix “Sacred Games”, cujos números mostram que de cada 3 espectadores da série, 2 vivem fora da Índia.

Por fim, Yelli afirmou que a Netflix pretende trazer seu conteúdo original para mais idiomas dublados, o que já pode ser visto com “The Umbrella Academy”, que atualmente está disponível em 25 idiomas.

Fonte: B9

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.