HQ narra o surgimento das ondas feministas e seu impacto na cultura e nos costumes em diversas partes do mundo

Filosofas, rebeldes, ativistas: feministas. Elas desafiaram o status quo, quebraram padrões, lutaram por direitos e revolucionaram a sociedade. Uma breve história do feminismo no contexto euro-americano (Blucher, 88 pp, R$ 39,90) traça a evolução do feminismo na Europa e na América do Norte desde a Antiguidade até os tempos atuais. Assinado pela ilustradora Patu e pela jornalista e cientista política Antje Schrupp, a obra discute, por meio de quadrinhos e explicações afiadas, temas relevantes para a luta das mulheres, como direito ao voto, autonomia sobre o corpo e independência intelectual. Também destaca personalidades importantes para o movimento, como Simone de Beauvoir, Angela Davis, Olympe de Gouges e Audre Lorde. O livro parte dos primórdios da tradição judaico-cristã, com os questionamentos de Maria Madalena; passa pela Idade Média, pela Idade Moderna, pelo Iluminismo, pelos movimentos organizados das mulheres a partir do século XIX, pela “segunda onda”; e chega ao feminismo queer e à “terceira onda”. É indispensável para quem está começando a estudar o tema e quer entender as origens do feminismo.

Fonte: Publish News

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Central da Pauta.